Sou Amor

by - 10:00:00




Quando o fim dos meus dias chegar
E eu olhar olhar para a minha vida
E para o que dela vou levar,
Serei decerto tomada d'uma alegria contida.

Não vou levar os fios, os anéis
Ou aquele livro que me fez chorar
Vou cá deixar as canecas dos reis
Mas não vou de mãos a abanar.

O que é de importante ter
Vai no meu peito, segredado
Vou levá-lo em meu poder, 
No meu peito comemorado.

Eu daqui só levo Amor
Que foi por ele que aqui vim
Que só ele me curou da dor
Quando da dor não houvera fim.

Eu sou filha do Amor
E o Amor é meu irmão
O meu filho chama-se Amor 
E o amor é uma canção.

Tudo o que desta vida vou levar,
São as bençãos que o Amor me deu
Rostos, afectos e palavras qu'alma vai lembrar,
Quando este corpo deixar de ser meu.


You May Also Like

0 comentários